Torne-se perito Opinião

Quero lá saber quanto é que já gastou, sra. ministra

Qual a razão para testar um Presidente da República assintomático e não testar doentes com pneumonia internados num hospital central? É deste tipo de exigência que eu falo.

No meu último artigo afirmei que o combate ao coronavírus e às suas brutais consequências na economia portuguesa seria a prova do algodão da qualidade deste governo e da capacidade de liderança de António Costa. Muita gente ficou indignada com tal declaração, por entender que não se fazem contas políticas no combate a uma pandemia – seria assim uma espécie de mesquinhice e de golpe baixo politiqueiro. É uma teoria extraordinária, esta, e também muito tonta: se a competência de um governo não se avalia em horas de urgência, avalia-se quando, exactamente? Quando a economia cresce no mundo inteiro e tudo corre de feição? Assim qualquer um serviria para primeiro-ministro.