Duelo entre técnicos portugueses na Liga Europa acaba empatado

Luís Castro, treinador do Shakhtar Donetsk, também venceu na Alemanha.

Pedro Neto felicitado pelos companheiros de equipa do Wolverhampton
Foto
Pedro Neto felicitado pelos companheiros de equipa do Wolverhampton Reuters/COSTAS BALTAS

Acabou com um empate a um golo o embate entre os gregos do Olympiacos, treinados por Pedro Martins, e os ingleses do Wolverhampton, treinados por Nuno Espírito Santo, a contar para a primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.

Em Atenas, num jogo realizado à porta fechada devido ao risco de contágio com o novo coronavírus, a equipa José Sá e Rúben Semedo, expulso ao minuto 29, foram titulares no emblema grego, enquanto no conjunto inglês Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho, Rúben Vinagre e Diogo Jota marcaram presença no “onze" inicial.

O primeiro golo da partida surgiu numa altura em que o Olympiacos já estava reduzido a dez jogadores. Mesmo assim, os homens da casa colocaram-se em vantagem por intermédio de El Arabi. Só que Pedro Neto, um dos portugueses que saltou do banco dos “wolves”, empatou o encontro aos 67’. Um golo que, por ser marcado no terreno do adversário, dá alguma vantagem ao Wolverhampton na eliminatória.

Nos jogos que se tinham disputado na tarde desta quinta-feira, destaque para a goleada aplicada pelo Manchester United no terreno do LASK (0-5) e do triunfo folgado do Basileia no terreno do Eintracht Frankfurt (0-3) com dois portugueses em acção na formação germânica.

Resultados

  • LASK-Manchester United, 0-5
  • Eintracht Frankfurt-Basileia, 0-3
  • Istambul Basaksehir-Copenhaga, 1-0
  • Wolfsburgo-Shakhtar Donetsk, 1-2
  • Glasgow Rangers-Bayer Leverkusen, 1-3
  • Olympiacos-Wolverhampton, 1-1
  • Sevilha-AS Roma, adiado
  • Inter de Milão-Getafe, adiado
Sugerir correcção