Zeinal Bava disponível para devolver 6,7 milhões transferidos por Salgado

Em causa está uma parte dos 25,2 milhões transferidos pela ES Enterprises, o alegado “saco azul” do BES.

Zeinal Bava
Foto
José António Barreiros, advogado de Zeinal Bava LUSA/ANTONIO COTRIM / POOL

A quarta sessão do debate instrutório da Operação Marquês ficou esta quarta-feira marcada pela garantia de que o antigo presidente executivo da PT, Zeinal Bava, está disponível para devolver 6,7 milhões de euros, dos 25,2 milhões transferidos para as suas contas pela ES Enterprises, o alegado “saco azul” do BES. Quem o assegurou foi o seu advogado, José António Barreiros que acrescentou ainda que esses 6,7 milhões estão arrestados à guarda do processo Marquês. Zeinal Bava irá devolver a verba, disse, “assim que surja quem de direito habilitado para a receber”.