Torne-se perito

Auditoria investiga centenas de processos atribuídos sem sorteio

Detectadas na Relação de Lisboa centenas de casos entregues sem sorteio durante 15 anos. Não significa que haja indícios de fraude, mas ainda podem ser revelados mais casos de distribuição viciada.

Foto
PEDRO VELEZ

Os resultados preliminares da investigação que foi aberta pelo Conselho Superior da Magistratura (CSM) há cerca de um mês para apurar eventuais falhas na distribuição de processos aos diversos juízes do Tribunal da Relação de Lisboa detectou centenas de processos distribuídos manualmente ao longo dos últimos 15 anos.