Opinião

Tirar a economia da quarentena

A economia do conhecimento está “de quarentena”, para usar um termos destes tempos. É preciso descobrir como libertá-la e dar-lhe alta.

Vale a pena falar da economia do futuro quando uma crise múltipla e repentina — a epidemia do coronavírus covid-19, a guerra comercial nos preços do petróleo, o colapso nas bolsas de valores, as perspectivas sombrias para setores inteiros da economia, do turismo à aviação — nos deixa radicalmente incertos já no presente? A resposta é sim. Mas para formular essa resposta deixem-me começar pelo passado.