Torne-se perito

Um quarto dos ministros e secretários de Estado tem ligações empresariais

Dos 70 ministros e secretários de Estado, o PÚBLICO encontrou 19 casos em que há participações directas e/ou indirectas no capital de empresas. Alguns não foram declarados nos registos de interesses.

Foto
Nuno Artur Silva na tomada de posse, com António Costa e Pedro Siza Vieira sentados, atrás Rui Gaudencio

Cerca de uma quarto dos elementos do actual Governo, sete dos 20 ministros e 12 dos 50 secretários de Estado, têm ligações directas ou indirectas a empresas, ou seja, ou são sócios ou vivem maritalmente com quem tem quota em empresas. Mas se há governantes que declaram a lista de todas as participações, outros há que só declaram uma parte e outros ainda que não declararam qualquer ligação empresarial da pessoa com quem vivem, apesar de elas existirem.