Novo coronavírus: quais são os sintomas

Os sintomas iniciais não diferem muito de uma gripe normal, por isso é preciso estar atento.

Foto
DR

Tosse, febre, dores musculares, dores de cabeça, fraqueza generalizada e em alguns casos dificuldade respiratória – são estes os principais sintomas de infecção pelo novo coronavírus que têm sido reportados pelas pessoas que adoeceram em Portugal. A que sintomas devemos estar atentos?

A Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que os sinais mais comuns de covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, são febre, cansaço e tosse seca. Alguns doentes têm dores musculares, congestão nasal ou pingo no nariz, garganta inflamada e diarreia. Estes sintomas são geralmente leves e começam gradualmente, mas a OMS aconselha as pessoas que tenham febre, tosse ou dificuldade em respirar a procurar ajuda médica – em Portugal, a contactar o SNS24 para encaminhamento.

A Direcção-Geral da Saúde salienta que nesta fase, em Portugal, é importante também saber se o doente esteve numa área com muitos casos ou se contactou com uma pessoa infectada, para fazer o diagnóstico, mas quem tem sintomas deve ter um cuidado especial para não correr o risco de contagiar outros. 

Algumas pessoas não chegam a ter sintomas e cerca de 80% dos infectados recuperam sem qualquer tipo de tratamento especial, salienta a OMS. Só uma em cada seis pessoas infectadas desenvolve sintomas mais graves, como dificuldade em respirar. E são os mais velhos e os que têm outras doenças, como pressão alta, problemas de coração e diabetes, que correm maior risco de ficar em estado grave.

Este novo coronavírus, designado SARS-CoV-2, foi identificado pela primeira vez em Dezembro de 2019 na China, na cidade de Wuhan – nunca tinha sido identificado antes em seres humanos, o que faz supor que passou a barreira entre animais e humanos naquela altura, e que tinha ou ganhou a capacidade de se transmitir entre humanos. Embora seja da mesma família do coronavírus da SARS, não é o mesmo vírus.