Opinião

O boom das publicações científicas

É com boas práticas, respeitando sempre o método científico, que a verdadeira Ciência vence as fake news e as simples opiniões.

Hans Rosling (1948-2017), médico sueco apaixonado pela estatística, especialista em políticas de saúde pública, conselheiro da Organização Mundial da Saúde e da UNICEF, iniciador em 1993 da secção sueca dos Médicos sem Fronteiras, criador da Fundação Gapminder, além de conferencista em múltiplos fóruns internacionais, distinguiu-se pelo uso sistemático de dados factuais para analisar problemas de desenvolvimento. Partilho a sua opinião de que, quando analisados detalhada e friamente, os dados das estatísticas mostram que o mundo tem evoluído positivamente. O mundo tem muitos problemas graves, mas globalmente tem vindo a transformar-se para melhor e não para pior. Como disse o Presidente Barack Obama depois de ler o livro de Hans Rosling intitulado Factfulness (publicado em 2018, mas cuja edição portuguesa, pela Temas e Debates, tem data de fevereiro de 2019): “Rosling escreveu um livro cheio de esperança no potencial de progresso humano, se prestarmos atenção aos factos e esquecermos os nossos preconceitos.