Atentado junto da embaixada dos EUA em Tunes mata um polícia e fere várias pessoas

Bombistas suicidas tentaram forçar a entrada da representação diplomática norte-americana.

Foto
O atentado aconetceu junto ao portão principal da embaixada dos EUA MOHAMED MESSARA/EPA

Um atentado suicida junto da embaixada dos Estados Unidos em Tunes, a capital da Tunísia matou pelo menos um polícia morreu e feriu seis pessoas, cinco agentes da polícia e um peão, segundo o Ministério do Interior, citado pelo jornal francês Le Monde. Os dois atacantes também morreram.

A embaixada fica no bairro de Berges du Lac, a uma dezena de quilómetros do centro da cidade. Testemunhas citadas pela agência Tunis Afrique Presse dizem que uma motorizada tentou forçar a entrada da embaixada e explodiu num ponto de controlo, perto do portão da embaixada, onde um jornalista da Reuters viu o veículo queimado e um carro da polícia danificado. 

“Ouvimos uma grande explosão... vimos o corpo do terrorista no chão depois de ter conduzido a motorizada contra os polícias, alguns ficaram feridos”, disse Amira, uma lojista da zona, citada pela Reuters

Fotografias publicadas nas redes sociais mostram os escombros à volta do posto de controlo que dá acesso à embaixada.

Esta embaixada foi atacada e saqueada por militantes salafistas em 2012 e, desde então, a segurança foi reforçada. 

No Verão passado, o grupo jihadista Daesh reivindicou os ataques bombistas na capital, um deles junto da embaixada de França.

Sugerir correcção