Sete ideias para sair esta semana

Teatro e visitas, alheiras e amendoeiras... E mais boas ideias para ir dar uma volta.

Foto
TUNA_TNSJ

PORTO
São João cheio de vida

Dia 7 de Março
Teatro Nacional São João

Teatro, visitas guiadas, vídeo, leituras, uma exposição e uma masterclass. O programa que celebra os 100 anos do Teatro Nacional São João (TNSJ) começa aqui e estende-se ao longo de 2020, com “abrangência e intensidade, ligando num mesmo gesto passado e futuro, dentro e fora de portas”. A festa começa com visitas orientadas por quem conhece bem os cantos à casa: Luís Soares Carneiro, João Reis, António Durães, João Carreira, Emília Silvestre, Nuno Carinhas, Francisca Carneiro Fernandes e Eduardo Paz Barroso (das 10h às 17h). O fecho da cortina está por conta de Turismo Infinito, a peça de Ricardo Pais que pega na riqueza dos textos pessoanos e nos seus heterónimos para lhes dar um carácter dramático (às 22h). Pelo meio, entre outros momentos, há lugar à masterclass História do Teatro Ocidental em Duas Horas (às 11h), a apresentações dos clubes de teatro (das 15h às 17h) e a uma projecção de vídeo de Castro, que Nuno Cardoso (director artístico do TNSJ) encena e estreia em Aveiro, à boleia da aposta na descentralização das produções próprias (às 16h).
Grátis (levantamento de bilhetes no próprio dia)
Programa completo aqui

 

Foto
Daniel Rocha

MIRANDELA
Maravilhas à mesa

De 6 a 8 de Março
Parque do Império

Numa tradição com 21 anos, Mirandela volta a homenagear o seu artigo-bandeira, que no currículo traz os selos de Especialidade Tradicional Garantida e uma das Sete Maravilhas da Gastronomia de Portugal. A Feira da Alheira conta, nesta edição, com cerca de 80 expositores, onde se pode provar e levar o tradicional enchido fumado a par de outros produtos locais como queijos, azeites, compotas, mel, vinhos, pão ou artesanato. Música, dança, humor, demonstrações culinárias, passeios de BTT, caminhadas e fogo-de-artifício completam o cabaz.
Horário: sexta, das 16h às 22h; sábado, das 10h às 22h; domingo, das 10h às 20h. O Pátio da Restauração encerra às 2h (sexta e sábado) e às 24h (domingo).
Entrada livre

 

Foto
DR

FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO
Quadros vivos

De 6 a 15 de Março

Em Figueira de Castelo Rodrigo, as atenções estão viradas para o espectáculo que a natureza oferece. Rainha da Amendoeira em Flor é o nome da festa que celebra a paisagem da terra, por esta altura pintalgada de branco e rosa, cortesia primaveril da árvore de fruto. A oferta não fica pelo esplendor do cenário. A compor as vistas, há um programa com música, artesanato, vinhos, gastronomia, tasquinhas, provas e passeios todo-o-terreno, que passa também pela visita ao património histórico da região: a Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, o Mosteiro de Santa Maria de Aguiar e o Museu de Artes e Ofícios são alguns dos pontos de interesse.

 

Foto
"Error 404", da companhia Ángeles de Trapo DR

ESPINHO
Há Mar e Mar...

De 8 a 29 de Março
Auditório de Espinho, Centro Multimeios, Fórum de Arte e Cultura, Biblioteca Municipal e outros locais

… há ir e voltar a Espinho, para mais uma viagem ao mundo dos bonecos articulados e manipulados. A 14.ª edição do festival internacional Mar Marionetas convida miúdos e graúdos a ir ao encontro do que de melhor se faz, no que à arte dos fios diz respeito. E são várias as opções em cena, pela cidade. De Um Baile com Muita Pinta! (dia 8, às 16h, no Salão Nobre da Piscina Solário Atlântico) ao Circo em Fios, da companhia russa Viktor Antonov (dia 28, às 16h, no Auditório de Espinho). Das histórias de Error 404 e Viajeros del Carrusel, trazidas pelos espanhóis Ángeles de Trapo (respectivamente, dias 14 e 15, às 16h, no Fórum de Arte e Cultura e no Centro Multimeios) às Lições de Voo das Marionetas do Porto (dia 22, às 16h, no Auditório de Espinho). Isto sem esquecer a animação conduzida pelos fantoches dos Valdevinos, as propostas da Mandrágora e Marionetas da Feira, os workshops, os ensaios abertos e a exposição Boca de Cão - 5 Anos a Dar Vida à Imaginação.
Programa completo aqui
Grátis a 5€

 

Foto
Jean-Henri Riesener. Secretária de cilindro, Paris, 1773, Museu Calouste Gulbenkian DR

LISBOA
Ao luxo de outros tempos

De 6 de Março a 1 de Junho
Museu Calouste Gulbenkian - Galeria do Piso Inferior

Uma secretária-cilindro da autoria de Jean-Henri Riesener, uma mesa secretária de senhora assinada por Martin Carlin e uma cómoda de Charles Cressent. Estas são algumas das obras-primas que podem ser vistas n’A Idade de Ouro do Mobiliário Francês - da Oficina ao Palácio, a nova exposição do Museu Calouste Gulbenkian, realizada em parceria com a Fundação Ricardo Espírito Santo Silva e com curadoria de Clara Serra. Em destaque estão peças de mobiliário produzidas em França, no século XVIII, pertencentes à Colecção Gulbenkian e emprestadas por outras instituições, como o Museu Nacional de Arte Antiga ou o Musée des Arts Décoratifs de Paris, todas elas exemplo da qualidade, elegância e exuberância que marcava a produção artística da época, visível nas madeiras exóticas, nos mármores e bronzes ou nas placas de porcelana de Sèvres.
Horário: todos os dias (excepto terça), das 10h às 18h.
Bilhetes a 3€

 

Foto
"Manes", da Fura Dels Baus DR

ALJUSTREL, ALMODÔVAR, ALVITO, BEJA, CAMPO MAIOR, CUBA, ELVAS, FERREIRA DO ALENTEJO, GRÂNDOLA, LISBOA, MÉRTOLA, OURIQUE, PONTE DE SOR E SANTIAGO DO CACÉM
Alentejo de FITA ao peito

De 12 a 21 de Março
Vários locais

A companhia Lendias d’Encantar volta a pôr o teatro a caminho do Alentejo. À sétima edição, o FITA - Festival Internacional de Teatro do Alentejo passa por 13 pontos da região, pondo o pé também em Lisboa e mantendo a carta de intenções: “levar o teatro a toda a região, estimulando, provocando e educando para as artes, numa zona carente de cultura e de actividades culturais”. Na lista de presenças confirmadas, estão 19 companhias de 11 países (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Espanha, México, Moçambique, Uruguai e, claro, Portugal). A abertura está nas mãos de Manes, uma criação da Fura dels Baus, que tem como ponto de partida a diversidade cultural e põe a nu o choque entre diferentes intimidades (dia 12, às 21h30, no Nerbe de Beja, com bilhetes a 5€).
Programa completo aqui

 

Foto
Artistas de Gaia

PORTO
Onda de vinho verde

Até 11 de Abril 
Casa do Vinho Verde 

É a primeira exposição colectiva do Projecto Onda Bienal, que decorre nos anos que intervalam a Bienal Arte Gaia, e reúne 32 obras de artistas plásticos no Salão Nobre do antigo palacete Silva Monteiro, que a Casa do Vinho Verde, sede da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, ocupa na Rua da Restauração, no Porto. A mostra tem curadoria de Agostinho Santos e permite passear por entre obras de António Bessa, Cabral Pinto, Carmo Diogo, Dina Dias, Diogo Goes, Eduarda Castro, Fernanda Araújo, Fernanda Santos (naná), Filipe Rodrigues, Filomena Fonseca, Florentina Resende, Franchini, Gérard Morla, Helena Fortunato, Helena Leão, Humberto Nélson, Júlio Roldão, Luísa Prior, Maria Afonso, Nazaré Álvares, Norberto Jorge, Pedro Mesquita, Ricardo de Campos, Rui Alexandre, Rui Costa, Rui da Graça, Rui Ferro, Sérgio Reis, Sobral Centeno, Susana Bravo, Tony Fausto e Zulmiro de Carvalho. A exposição pode ser visitada de 2.ª a 6.ª, das 9h às 18h. 

Foto

EXTRA: Cinema
Para Sama

Waad al-Kateab é uma jovem síria apanhada no meio do terrível conflito de Alepo. De câmara na mão, entre 2012 e 2017, filma tudo à sua volta: as alegrias e tristezas, a esperança, a perda e o terror que vivencia. Mais em Cinecartaz.

 

 

Mais ideias para sair? Por aqui

Guia do Lazer: espectáculos, festas, feiras, artes e mais