Portugal tem 1686 orçamentos participativos e vai começar a avaliá-los

Março é o mês em que a Rede de Autarquias Participativas vai definir os indicadores que serão necessários para fazer uma avaliação objectiva dos processos.

Orçamento Participativo Portugal (OPP)
Fotogaleria
Orçamento Participativo Portugal (OPP) Jornal Publico
Primeira iniciativa nacional foi lançada em 2016
Fotogaleria
Primeira iniciativa nacional foi lançada em 2016 Jornal Publico
Em 2019, o OPP fdoi interrompido por haver três eleições
Fotogaleria
Em 2019, o OPP fdoi interrompido por haver três eleições Jornal Publico

Autarquias, Governo, escolas, governos regionais e até ordens profissionais. Os orçamentos participativos têm quase 20 anos de vida, em Portugal, e o seu número já está nos 1686, o que representa 14 a 15% do total mundial. Esta é uma matéria em que o país está no pelotão da frente. E vai continuar. Em Março, a Rede de Autarquias Participativas vai reunir-se em Loulé para debater – e lançar – o sistema de avaliação destes orçamentos.