Opinião

Os vírus e as quarentenas do mundo

Como se explica a tendência global para a erosão do Estado de direito – pondo a democracia de quarentena?

Nenhuma das situações-limite que o mundo conheceu desde o fim da última Grande Guerra atingiu, porventura, os contornos pré-apocalípticos deste filme de ficção científica em que nos sentimos mergulhados. É uma das consequências da globalização e da expansão do universo digital que se foram acelerando com uma velocidade estonteante desde o início do século, fazendo-nos perder o pé na realidade. Assim, as quarentenas impostas em vários países devido ao coronavírus tornaram-se também uma metáfora do estado do mundo em que vivemos, para além da epidemia propriamente dita.