chuttersnap/Unsplash
Foto
chuttersnap/Unsplash

E se existisse uma powerbank para carros eléctricos e híbridos?

Facilmente transportável e pensada também para o dono comum de veículos ligeiros, a AddVolt EV Powerbank quer simplificar o carregamento de baterias eléctricas. Esta powerbank desenvolvida no Porto ainda não está disponível para comercialização, mas pode vir a ser uma realidade em breve.

Um carregador móvel para veículos eléctricos e híbridos, que permite uma carga rápida e sem necessidade de investimento em infra-estruturas? É assim que a AddVolt EV Powerbank se apresenta: pode ser facilmente transportada, acomodada e utilizada em qualquer momento, quer seja por proprietários individuais de veículos ligeiros, por empresas com grande parque automóvel ou veículos de transporte de mercadorias e, até, por carrinhas de street food.

A ideia é que estas powerbanks desenvolvidas no Porto sejam colocadas em locais estratégicos como aeroportos, estações de serviço, supermercados e centros comerciais, mas também que possam ser transportadas dentro dos próprios veículos.

A AddVolt nasceu em 2014 pelas mãos de quatro jovens engenheiros da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). Bruno Azevedo, Miguel Sousa, Ricardo Soares e Rodrigo Pires fundaram a start-up com o objectivo de ajudar a criar “cidades verdes, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos motoristas e dos cidadãos”. Tudo, sublinham, para que a energia eléctrica esteja disponível no sector dos transportes, descarbonizando e electrificando veículos pesados de refrigeração de mercadorias e, agora, facilitando a utilização de veículos eléctricos por particulares.

O mercado principal da empresa é o dos camiões e reboques refrigerados, que transportam medicamentos, flores e diversos produtos perecíveis a uma temperatura controlada. Cada veículo destes tem uma unidade de refrigeração que consome cerca de 500 litros de gasóleo e emite uma tonelada de dióxido de carbono (CO2) por mês. Para tentar combater esta poluição, a AddVolt criou o sistema eléctrico Plug-in, que electrifica as unidades de refrigeração, diminuindo o consumo de combustível e permitindo a estes veículos fazer uma distribuição nocturna sem emissões e sem ruído. O Plug-in Electric já está “largamente implementado em Portugal e na Alemanha”, tendo recentemente começado a entrar no mercado espanhol.

Países como a China, os Estados Unidos e a Noruega são os principais impulsionadores da crescente tendência de procura e adopção de veículos eléctricos. No entanto, este aumento de procura não está a ser acompanhado pelo aumento da infra-estrutura de carregamento. Com esta powerbank, a empresa incubada no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC),  propõe “um serviço de conveniência, diferenciador e flexível, que seja, de facto, a alternativa viável e permita dar autonomia suficiente a estes veículos”.

PÚBLICO -
Foto
Demonstração da AddVolt EV Powerbank. UPTEC

Além de contribuir para a descarbonização, o projecto reutiliza baterias que já não têm capacidade suficiente para outras aplicações na criação destes produtos. Os módulos são equipados com baterias de lítio, têm estrutura em aço inoxidável e são revestidos a cortiça. A capacidade vai de 7 a 34 kilowatts hora (kWh), dependendo das necessidades do utilizador e do tipo de equipamento que pretende. As melhores powerbanks para smartphones, por exemplo, andam à volta dos 100 Wh (e cada kWh corresponde a 1000 Wh). É disponibilizada, ainda, a possibilidade de se ver em tempo real a capacidade da bateria e a autonomia do veículo.

Na apresentação final do projecto de desenvolvimento de start-ups TechNorValue, na UPTEC, a 20 de Fevereiro, os membros da AddVolt exemplificaram: um cliente que vai almoçar a um restaurante equipado com uma powerbank destas e deixe o veículo a carregar, pode ver o seu veículo carregado para mais 20 quilómetros de autonomia.

A AddVolt é uma das três start-ups seleccionadas pelo TechNorValue (em parceria com a Porto Business School), juntamente com a Connect Robotics e a Pavnext. Esta nova powerbank para veículos eléctricos ainda não está disponível para comercialização, mas os fundadores esperam que isso mude em breve.

Sugerir correcção