Mão-Cheia: a cozinha das avós está no restaurante e é feita por elas

No Mão-Cheia não é um jovem chef que faz uma cozinha em homenagem às avós. São as próprias – mulheres e homens com mais de 65 anos – que cozinham os seus pratos de sempre.

Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos

É difícil dizer qual das três está mais entusiasmada. Primeiro conhecemos a açoriana Rosa, que, três dias depois da abertura do Mão-Cheia, não tem mãos a medir, a tentar encaixar na pequena sala da antiga cafetaria do Museu Arpad Szenes-Vieira da Silva, no Jardim das Amoreiras, em Lisboa, a quantidade de gente que aí quer almoçar.