“Há life coaching que não é feito por psicólogos e isso é um perigo”

Francisco Miranda Rodrigues, bastonário dos Psicólogos Portugueses recorda que continuam a existir apenas 30 psicólogos para 14 mil reclusos, num país onde a taxa de reincidência dos presos ronda os 50%. E dá o exemplo do Reino Unido onde se contrataram psicólogos para melhorar a eficácia de políticas públicas como a cobrança de impostos.

Francisco Miranda Rodrigues
Foto
Francisco Miranda Rodrigues, bastonário da Ordem dos Psicólogos Portugueses, diz que há psicólogos a mais em determinadas áreas rui Gaudencio

Francisco Miranda Rodrigues, bastonário da Ordem dos Psicólogos Portugueses, diz que há psicólogos a mais em determinadas áreas mas, por outro lado, há ainda muitas lacunas por preencher, tanto nos serviços prisionais, como nos centros de saúde e nas escolas. Deixa o exemplo do Reino Unido que contratou psicólogos para trabalhar em políticas públicas e com isso conseguiu uma poupança de mil milhões de euros. Por fim, alerta para os não-especialistas que estão a fazer life coaching. São um perigo, diz.