PSP identificou alguns dos carros que paralisaram a Segunda Circular no domingo

Acção espontânea terá servido para homenagear as três pessoas que morreram num acidente na sexta-feira de madrugada. Além do bloqueio de estrada, alguns dos participantes terão libertado várias dezenas de balões brancos, com luzes, junto ao aeroporto.

Foto
Nuno Ferreira Santos

A PSP já identificou alguns dos carros que paralisaram no domingo a Segunda Circular, em Lisboa, para homenagear as três pessoas que morreram na sexta-feira naquela via, disse à agência Lusa fonte do Comando Metropolitano (Cometlis). As autoridades estimam que tenham participado nesta acção cerca de 500 pessoas.

Segundo noticiaram alguns órgãos de comunicação social, várias centenas de pessoas concentraram-se na madrugada de domingo na Segunda Circular, provocando três quilómetros de filas, no sentido Aeroporto-Benfica, durante cerca de meia hora.

Esta acção espontânea terá servido para homenagear as três pessoas que morreram naquela via, na sexta-feira, na sequência de um despiste.

Além do bloqueio de estrada, alguns dos participantes terão libertado várias dezenas de balões brancos, com luzes, junto a um local de tráfego aéreo.

Em declarações à agência Lusa, a subcomissária Ana Carvalho adiantou que a PSP já identificou algumas das viaturas que participaram nesta acção, mas nenhum dos participantes. Ana Carvalho explicou que a identificação das viaturas foi possível através das matrículas, mas que essa informação “permite apenas saber quem é o proprietário do veículo e não quem o conduzia naquela noite”.

A subcomissária da PSP adiantou que foram detectadas algumas irregularidades nos veículos identificados, nomeadamente falta de registo, de inspecção e de matrículas canceladas. “O que vai acontecer agora, não sei. Certamente alguns dos proprietários irão ser notificados, mas é uma coisa que já não nos compete saber”, ressalvou.

Ana Carvalho esclareceu que as notificações aos proprietários dos veículos que apresentavam irregularidades serão feitas através da Polícia de Trânsito. “Os proprietários dos veículos serão notificados e ou assumirão a responsabilidade ou indicarão o condutor”, apontou.

A subcomissária da PSP disse ainda que serão investigadas eventuais implicações criminais, nomeadamente com o bloqueio da Segunda Circular e com a libertação de balões junto a uma zona de tráfego aéreo. Relativamente à libertação dos balões, Ana Carvalho referiu que será apurado se essa acção “colocou em causa a segurança aeroportuária”.

Uma viatura ligeira despistou-se por volta da 1h de sexta-feira, num acidente que causou a morte a três homens, únicos ocupantes do carro. O veículo capotou e embateu num poste de iluminação, que acabou por invadir as vias do sentido contrário (Benfica-Aeroporto), danificando um pórtico de painéis direccionais.

Já na sexta-feira o trânsito esteve parcialmente cortado para a retirada do pórtico informativo que ficou danificado aquando do acidente.

Sugerir correcção