Torne-se perito

PSP impede entrada e saída de táxis no Aeroporto e ANTRAL manifesta “repúdio”

Carros descaracterizados estavam a operar no aeroporto, acusam taxistas. PSP decidiu impedir a entrada e saída de veículos na praça de táxis, originando protestos.

Foto
bruno lisita

A Polícia de Segurança Pública (PSP) e os taxistas estão em conflito no aeroporto de Lisboa por causa daquela força de segurança estar, nesta sexta-feira, a impedir os taxistas de acederem à praça onde operam. A Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL) já “manifestou o seu repúdio” pela forma como a PSP está a gerir a situação.

Tudo começou quando os taxistas pediram a intervenção das autoridades devido à “realização de serviços por carros descaracterizados, sem obediência às regras das plataformas, ou seja angariando, directamente, clientes no espaço do aeroporto”, segundo o comunicado da ANTRAL.

A mesma entidade refere que a PSP, “ignorando o pedido de intervenção, dizendo que não possuía efectivos para intervir”, mobilizou forças para “impedir a entrada e saída de táxis” na praça respectiva do Aeroporto de Lisboa. A situação tem causado “enorme descontentamento e protesto” por parte dos taxistas, disse a ANTRAL.

Texto editado por Ana Fernandes

Sugerir correcção