Morreu “Jean Daniel, jornalista e escritor francês. Ponto final”

Uma das maiores referências do jornalismo francês, fundador de Le Nouvel Observateur, morreu aos 99 anos. Testemunha de parte da história do século XX, Kennedy pediu-lhe que entregasse uma mensagem a Fidel Castro e estava em Havana quando soube do assassínio do Presidente dos EUA.

Foto
Jean Daniel a receber a Legião de Honra, em 2013 ETIENNE LAURENT/EPA

Nascido em Blida, na Argélia, em 1921, amigo de Albert Camus, argelino como ele, Jean Daniel foi uma das maiores referências do jornalismo francês da segunda metade do século XX, ao mesmo tempo testemunha e actor da V República. “Jean Daniel comportou-se no domínio do jornalismo como um homem de Estado”, escreveu Hubert Védrine na sua biografia do fundador de Le Nouvel Observateur, denominada Jean Daniel, observateur du siècle.