Torne-se perito

Renovar (a programação) é viver

Um cartel de luxo para a 70.ª edição da Berlinale, menos virada a Oriente e mais entrosada com os grandes autores.

,70º Festival Internacional de Cinema de Berlim
Fotogaleria
O luso-guineense Welket Bungué em "Berlin Alexanderplatz" DR
Fotogaleria
Willem Dafoe em "Siberia", de Abel Ferrara dr

Por ordem alfabética: Abel Ferrara (Siberia), Philippe Garrel (Le Sel des larmes), Hong Sangsoo (The Woman who Ran), Rithy Panh (Irradiés), Christian Petzold (Undine), Kelly Reichardt (First Cow), Tsai Ming-liang (Days). Um terço da competição principal de Berlim 2020 já é de paragem obrigatória, e já há uns anos largos que a secção não reunia tal quantidade de nomes grandes a concurso no mesmo ano. Para três deles — o cambojano Panh, a americana Reichardt e o francês Garrel — é mesmo a primeira entrada competitiva de sempre em Berlim.