Entrevista

“Estrelas servem a estratégia da SIC, mas não vamos entrar em loucuras”

Onda de contratações garante à SIC “as pessoas certas”, mas o presidente do grupo Impresa recusa imagem de “despesismo”. Perante a iminente fusão entre Cofina e Media Capital, Francisco Pedro Balsemão sublinha que os conteúdos da SIC “têm que ter rigor informativo acima de tudo”.

Foto
DANIEL ROCHA

Um ano depois de Cristina Ferreira ter sido a alavanca para levar a SIC à liderança mensal das audiências, a apresentadora é considerada “estratégica” para o canal da Impresa que está 6,5 pontos à frente da TVI, mas o presidente executivo prefere olhar para o trabalho feito na grelha horário a horário. Sobre o novo panorama, com a compra da Media Capital pela Cofina, Francisco Pedro Balsemão preferia ter visto o regulador a aplicar remédios, mas agora sabe que terá que se diferenciar pela qualidade. E admite voltar ao mercado para se financiar através de uma emissão obrigacionista.