Torne-se perito

Portugal tem 25 claques legalizadas e mais de dois mil membros suspensos

Os GOA cujo registo se encontra suspenso na APCVD, por “requerimento ou por indicação do promotor”, são a Juventude Leonina e o Directivo Ultras XXI, afectos ao Sporting, e a Associação de Adeptos do Desportivo das Aves - 1930 - Força avense (Desportivo das Aves).

Coreografia dos Super Dragões durante o clássico com o Benfica
Foto
Coreografia dos Super Dragões durante o clássico com o Benfica Tiago Lopes

O número de grupos organizados de adeptos (GOA) registado em Portugal é de 25, com cerca de três mil membros, existindo mais de dois mil elementos suspensos, disse esta terça-feira à agência Lusa o organismo de combate à violência no desporto.

“Neste momento existem 25 grupos organizados de adeptos (GOA) registados, com um total de cerca de três mil membros registados. Se contabilizássemos os três GOA suspensos pelos seus promotores, o total de membros filiados ultrapassaria os cinco mil elementos”, explicou a Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto (APCVD).

Os GOA cujo registo se encontra suspenso na APCVD, por “requerimento ou por indicação do promotor”, são a Juventude Leonina (Sporting), o Directivo Ultras XXI (Sporting) e a Associação de Adeptos do Desportivo das Aves - 1930 - Força avense (Desportivo das Aves).

Em Fevereiro de 2019, a APCVD tinha revelado que o Sporting era o clube com mais elementos registados nas suas quatro claques organizadas: Juventude Leonina (1632), Directivo Ultras XXI (709), Torcida Verde (358) e Brigadas Ultras (238), tendo duas delas, entretanto, sido suspensas.

Na lista revelada esta terça-feira, Benfica, Moreirense, Portimonense e Paços de Ferreira são os clubes da I Liga de futebol que não têm qualquer grupo organizado de adeptos registado, enquanto equipas como FC Porto, Sporting, Sporting de Braga ou Vitória de Setúbal apresentam mais do que um grupo.

Existem ainda cinco GOA de clubes da II Liga e três de equipas que disputam o Campeonato de Portugal, equivalente ao terceiro escalão, registados.