Ípsilon

Artes

Duas grandes exposições nos 500 anos da morte de Rafael, o génio sedutor do Renascimento

Se 2019 foi, nas artes, o ano de Leonardo, com importantes exposições a assinalarem os 500 anos da sua morte, 2020 pode muito bem ser o de Rafael. Londres e Roma são paragens obrigatórias num roteiro que celebra a vida e a obra de um pintor inigualável.