Facebook adia lançamento de app para encontros na Europa

O serviço, disponível nos Estados Unidos há seis meses, deveria chegar à Europa esta quinta-feira, na véspera do Dias dos Namorados. No entanto, preocupaçães sobre a conformidade do serviço com as novas regras de protecção de dados da União Europeia fizeram adiar o arranque para data desconhecida.

Serviço de namoro online
Foto
A aplicação já está disponível em mais de 20 países. Reuters/Stephen Lam

Ainda não é desta que a aplicação de namoro do Facebook, que já existe em mais de 20 países, chega à Europa. Disponível nos Estados Unidos desde Setembro, o Facebook Dating ajuda os utilizadores a encontrar parceiros românticos a partir de interesses em comum, grupos de que fazem parte (por exemplo, dedicados ao voluntariado ou ao vegetarianismo) e eventos em que participaram (por exemplo, um concerto ou um evento desportivo). É rival de aplicações semelhantes como o Tinder e o Bumble.

A aplicação devia ser lançada na União Europeia a tempo do Dia dos Namorados, mas ainda há questões relacionadas com a lei de protecção de dados da União Europeia por resolver. Numa notícia avançada esta quarta-feira, o jornal irlandês Independent.ie nota que a comissão irlandesa para a Protecção de Dados, que tem jurisdição sobre o caso porque a sede do Facebook na Europa é em Dublin, barrou o lançamento da aplicação por falta de documentação. 

A empresa não terá submetido a documentação necessária, incluindo uma avaliação da conformidade com a legislação de protecção de dados no âmbito dos regulamentos de privacidade da aplicação. Vários reguladores visitaram a sede do Facebook em Dublin para tentar obter a informação em falta. De acordo com a comissão, o Facebook também só informou que iria lançar a dating app com dez dias de antecedência.

“Preocupou-nos que a primeira vez que ouvimos acerca desta nova aplicação, da parte do Facebook Irlanda, tenha sido no dia 3 de Fevereiro”, declarou a Comissão Irlandesa para a Protecção de Dados, num comunicado citado pelo Independent.ie. “O Facebook informou-nos ontem [quarta-feira] que irá adiar a implementação do serviço.”

Questionado pelo PÚBLICO, a equipa do Facebook confirma que adiou o lançamento da aplicação para garantir que respeitava os requerimentos da autoridade de protecção de dados da Irlanda. “É muito importante que o lançamento da aplicação Facebook Dating seja bem feito, por isso vamos esperar um pouco e certificarmo-nos de que o produto está pronto para o mercado europeu”, lê-se na resposta oficial do Facebook à imprensa. “Temos trabalhado cuidadosamente para criar salvaguardas de privacidade fortes, e demos esta informação à comissão antes do lançamento do serviço”.

A aplicação, que inclui funcionalidades como a Secret Crush, que permite ao utilizador seleccionar nove amigos do Facebook por quem tenha um interesse romântico, pretende apelar ao público da geração millennial. A nova data de estreia da aplicação é ainda desconhecida.

Sugerir correcção