O Melhor Filme de Animação vai para Toy Story 4

O filme, dirigido por Josh Cooley, transporta-nos para a quarta aventura do xerife Woody e do astronauta Buzz Lightyear, quase dez anos depois de Toy Story 3.

Foto
Josh Cooley e Mark Nielsen recebem o Óscar para Melhor Filme de Animação por Toy Story 4 Reuters/MARIO ANZUONI

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood entregou o Óscar de Melhor Filme de Animação a Toy Story 4.

O filme, dirigido por Josh Cooley (animador que co-escreveu Divertida-Mente), transporta-nos para a quarta aventura do xerife Woody e do astronauta Buzz Lightyear, quase dez anos depois de Toy Story 3 (2010).

Ao todo, eram cinco os nomeados nesta categoria: além de Toy Story 4, estavam nomeados o francês I Lost My Body (de Jérémy Clapin), Klaus (de Sergio Pablos), Como Treinares o Teu Dragão: O Mundo Secreto (Dean DeBlois) e Mr. Link (de Chris Butler).

A produção espanhola Klaus, dos realizadores Sergio Pablos e Carlos Martínez López, contava com os portugueses Sérgio Martins e Edgar Martins na equipa. Sérgio Martins foi já distinguido com o prémio de Melhor Direcção de Animação em Longa-metragem, nos prémios Annie, os “Óscares” do cinema de animação, atribuídos todos os anos pela Sociedade Internacional de Cinema de Animação.

“Hair Love”, de Matthew A. Cherry e Karen Rupert Toliver, conquistou o Óscar de melhor curta-metragem de animação, sob grandes aplausos do público.

Os outros candidatos eram Dcera (Daughter), de Daria Kashcheeva, Kitbull, de Rosana Sullivan e Kathryn Hendrickson, Memorable, de Bruno Collet e Jean-François Le Corre, e Sister, de Siqi Song.