P3

Plástico

Baldes, vassouras ou esfregonas: como o lixo marítimo pode ser transformado em artigos para a casa

A Fapil, empresa sediada na Malveira, lançou uma nova gama de utensílios construídos a partir de resíduos marítimos, como redes e cordas de pesca. Deverá chegar aos consumidores no final de Março. O objectivo é que, no futuro, os objectos (que contêm 20% de plástico marítimo) sejam fabricados a 100% com os resíduos.