Crónica

Imersos na grande guerra

A questão colocada por 1917, o filme de Sam Mendes bem posicionado para ganhar os Óscares de melhor filme e melhor realização depois da vitória nos Globos de Ouros e nos BAFTA, é como pode ou principalmente como deve o cinema mostrar a guerra, particularmente a guerra de trincheiras que se baseava na defesa de uma posição, com enorme sacrifício em termos de baixas, estratégia que só foi abandonada com a introdução do tanque de guerra com melhores possibilidades de sucesso no avanço, sensivelmente após a data de Abril de 1917 que o filme marca.