Sete ideias para sair esta semana

De Norte a Sul, há máscaras e rituais aos bocados, numa semana de amores, tentações e pecados.

Foto
Miguel Madeira

Setas apontadas a São Valentim

Dias 14 e 15 de Fevereiro
Pelo país

À mesa, num museu, numa gruta, no teatro, na arena, num bar ou até num aquário. De Norte a Sul do país, são vários os programas especiais inspirados em São Valentim que servem romantismo à medida da ocasião e em formatos diversos. Para os melómanos, há um festival que põe artistas portugueses a cantar para o coração, cada um numa cidade: Às Vezes o Amor espalha música por Albergaria-a-Velha (Jorge Palma), Aveiro (Mafalda Veiga), Braga (Amor Electro), Castelo Branco (Carolina Deslandes), Caldas da Rainha (The Black Mamba), Coimbra (João Pedro Pais), Lagoa (Marco Rodrigues), Leiria (Banda Variações), Lisboa (Dead Combo, GNR e Anavitória), Porto (GNR e Luísa Sobral), Santarém (Tiago Bettencourt), Setúbal (Viviane) e Vila do Conde (Aurea). A festa está marcada para os dias 14 e 15, sempre às 22h, com bilhetes entre 12€ e 40€. Se a paixão vai ao teatro, o programa passa pela estreia de Romeu e Julieta, a adaptação da tragédia de amor de Shakespeare por John Romão (no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, dia 14, às 21h, com bilhetes de 9€ a 16€ - fica em cena até 1 de Março). Na mesma linha, mas num formato de comédia stand-up, Bruno Nogueira mostra de que é feito Depois do Medo (no Altice Arena, em Lisboa, dia 14, às 21h30, com bilhetes entre 22€ e 35€). Se o romantismo se alimenta do cenário, o jantar à luz das velas nas Grutas de Mira de Aire, umas das Sete Maravilhas Naturais de Portugal, está entre as propostas mais originais (dia 14, às 21h, 230€ por casal; mais informações em www.grandideia.pt). A tentação passa também por vários restaurantes de Palmela, que multiplica o espírito do dia por dois Fins-de-Semana Gastronómicos dos Enamorados, com ementas a condizer (mais informações em www.cm-palmela.pt).

 

PÚBLICO -
Foto
DR

MOGADOURO
Rituais ibéricos

Dia 8 de Fevereiro
Bemposta

Mais de 40 grupos de caretos, mascarados e gaiteiros de Portugal e de Espanha, um mercado de rua com produtos tradicionais (onde não faltam doces, artesanato, queijos, enchidos, vinhos e licores), um concurso de fotografia, desfiles e animação. Bemposta abre portas ao II Encontro de Rituais Ancestrais, onde se honram as tradições e a cultura ibérica para que as memórias e o património imaterial não fiquem pelo caminho. Na lista de convidados nacionais alinham máscaras de Bragança, Miranda do Douro, Lazarim, Mogadouro, Torre de D. Chama, Vinhais e Ílhavo. A representar “nuestros hermanos” estão os Jarramplas de Piornal, Las Carantoñas de Acehúche, Os Cigarróns de Verín, os Jurrus y Antruejo de Alija del Infantado, a Banda de Gaitas As Portelas e El Zangarrón de Montamarta, entre outros. A festa é organizada pela Associação Maschocalheiro em parceria com o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Duero-Douro.
Horário: das 14h às 22h.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
Paulo Ricca

VINHAIS
Capital do fumeiro

De 6 a 9 de Fevereiro
Parque Municipal de Feiras e Exposições

A carne do porco de raça bísara e os produtos certificados da região voltam a pôr Vinhais no mapa das comezainas. No ano em que comemora 40 edições, a Feira do Fumeiro mostra que a idade não pesa e muito menos cansa, atraindo cada vez mais expositores e visitantes. Do salpicão à linguiça, passando pela chouriça de carne, alheira, chouriço azedo, presunto ou butelo, a oferta é variada e vem carimbada com o selo IGP (Indicação Geográfica Protegida). No programa há também restaurantes, tasquinhas, espaço gourmet, artesanato, exposição de máquinas agrícolas, apresentação de livros, concursos, demonstrações, espectáculo piromusical e os concertos de António Zambujo e Expensive Soul (respectivamente, sexta e sábado, às 22h).
Horário: quinta, das 14h às 20h; sexta e sábado, das 10h às 20h; domingo, das 10h às 19h.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
DR

LOULÉ E MATOSINHOS
Cerca de chocolate

De 8 a 16 de Fevereiro
Mercado de Loulé - Cerca do Convento do Espírito Santo
De 8 a 25 de Fevereiro
Matosinhos - Rua Alfredo Cunha (parque de estacionamento em frente à PSP)

De leite, branco ou negro. Para trincar ou para beber. Em bombons, bombocas, bolos e crepes. Com frutos secos, licor ou frutas. As propostas são muitas, à medida da imaginação de quem faz e do gosto de quem prova. Certas são as doses de gulodice que voltam a Loulé pelas mãos da Feira do Chocolate, que à décima edição se instala na Cerca do Convento do Espírito Santo. Durante nove dias, a par dos produtores-expositores do ingrediente, há demonstrações, provas e dicas sobre o seu valor nutritivo e as melhores formas de o cozinhar, para mostrar que os encantos do chocolate não ficam pelo adoçar da boca. De água na boca está também Matosinhos, que volta a entregar o mês dos corações aos prazeres do cacau, cortesia da Festa do Chocolate. Na montra do evento, organizado pela Câmara Municipal de Matosinhos e pela Andarte, há iguarias inteiras e aos pedaços, workshops, showcooking e estátuas em exposição.
Feira do Chocolate (Loulé): todos os dias, das 10h às 19h. Entrada livre
Festa do Chocolate (Matosinhos): segunda a quinta, das 12h às 23h; sexta, das 12h às 24h; sábado, das 11h às 24h; domingo, das 11h às 23h. Entrada livre

 

PÚBLICO -
Foto
Alberto Marçal Brandão

PORTO
Barca Bela

De 1 de Fevereiro a 29 de Março
Centro Português de Fotografia

O Douro e as suas embarcações são retratados na exposição patente no Centro Português de Fotografia. Estão reunidas imagens captadas pela lente de 40 autores, em diferentes épocas, que documentam não só a evolução dos transportes marítimos, mas também o “tesouro patrimonial arquivístico e sensorial que a todos pertence”. Alberto Marçal Brandão, Alfred Stieglitz, Jorge Henriques, Wolfgang Sievers e Octávio Lixa Filgueiras são alguns dos nomes representados.
Horário: terça a sexta, das 10h às 12h30 e das 14h às 17h; sábado, domingo e feriados, das 15h às 19h.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
DR

MARVÃO
Comeres do lagar

De 9 a 23 de Fevereiro
Nos restaurantes Casa do Povo, Pousada de Marvão, Varanda do Alentejo, Dom Manuel, J. J. Videira, Mil-Homens, Zé Calha, O Sever, Sever Churrasqueira, Maruam Miragem, Petiscos da Olga, Tapada do Poejo, A Adega e Pau de Canela

O objectivo vem bem traçado: homenagear os produtores de azeite e promover os produtos da terra, convidando a conhecer também a vila alentejana de Marvão. A 15.ª Quinzena Gastronómica Comidas d’Azeite assenta arraiais em 14 restaurantes da região, com uma ementa onde “o azeite é rei e senhor”. À prova estão especialidades como açorda alentejana, bacalhau com capa de grão à lagareiro, borreguinho em azeite à alentejana, galinha do campo tostada, couvada de polvo ou pudim de azeite e mel. Para abrir o apetite, logo no primeiro dia, há uma visita guiada ao Museu/Lagar Melara Picado Nunes, na aldeia de Galegos (às 11h) e um mercado de produtos locais seguido do tradicional almoço-convívio na Casa do Povo de Porto da Espada (a partir das 12h). É daqui que parte a caminhada pela Rota do Contrabando do Azeite, dinamizada pela Associação Portus Gladii no âmbito da quinzena (dia 8 de Março, às 8h30; inscrições até 6 de Março através dos números 966445022 e 961072053).

 

PÚBLICO -
Foto
DR

LISBOA
Teatro às peças

A partir de 12 de Fevereiro
Auditório dos Oceanos do Casino Lisboa

Originalmente escrita por Henry Lewis, Jonathan Sayer e Henry Shields, A Peça Que Dá para o Torto é agora traduzida e adaptada por Nuno Markl, numa versão portuguesa do espectáculo que tem andado a conquistar prémios e a esgotar salas em mais de 30 países. Assume-se como o primeiro replica show em Portugal, entrando em cena nos moldes originais (desenhos de luz, som, cenário e guarda-roupa incluídos). Muda apenas o texto, que é traduzido, e o elenco, com actores nacionais a dar vida às personagens desta comédia criminal: em palco estão Alexandre Carvalho, Cristóvão Campos, Igor Regalla, Inês Castel-Branco, Joana Pais de Brito, Miguel Thiré, Telmo Mendes e Telmo Ramalho. A encenação “residente” está por conta de Frederico Corado.
Horário: quarta a sábado, às 21h30; domingo, às 17h.
Bilhetes de 18€ a 22€

 

PÚBLICO -
Foto

EXTRA: Cinema
Corpus Christi - A Redenção

Baseado em factos reais, um drama escrito por Mateusz Pacewicz e realizado por Jan Komasa. Conta a história de Daniel, um jovem enviado para um centro de detenção, cujo sonho é ingressar num seminário e tornar-se sacerdote. Apresentado no Festival de Cinema de Veneza e também no Festival Internacional de Cinema de Toronto, Corpus Christi foi nomeado para o Óscar de Melhor Filme Internacional, em representação da Polónia. Mais em Cinecartaz.

 

Mais ideias para sair? Por aqui

Guia do Lazer: espectáculos, festas, feiras, artes e mais