Torne-se perito

Ministra da Agricultura emenda declarações sobre coronavírus

Maria do Céu Albuquerque “lamenta a interpretação feita das suas palavras” quando afirmou que o vírus “até pode ter consequências bastante positivas” para as exportações portuguesas na China.

Maria do Céu Albuquerque
Foto
Maria do Céu Albuquerque Rui Gaudencio

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, emitiu um comunicado em que “lamenta a interpretação feita das suas palavras”, proferidas na visita à Fruit Logistica, em Berlim, no âmbito de uma questão relativa às exportações dos produtos agro-alimentares nacionais.

Maria de Céu Albuquerque tinha afirmado “que [o coronavírus] até pode ter consequências bastante positivas [para as exportações portuguesas na China].” “Não tenho dados que me permitam poder fazer uma avaliação. Mas, atendendo a que é um mercado emergente e em crescimento explosivo, temos de nos preparar para corresponder ao nossos objectivos e ambição de podermos contribuir para as nossas vendas e ajudar a equilibrar a nossa balança comercial”, disse ainda.

A ministra da Agricultura diz agora que, “perante o actual contexto marcado pelo coronavírus e pelas consequências do mesmo, o sentimento é de preocupação e de solidariedade”, estando Portugal “atento e totalmente disponível para cooperar na solução”.

A inistra da Agricultura lamenta, que tal não tenha ficado evidenciado nas suas palavras e sublinha que a prioridade nacional permanece no “reforço das garantias de segurança associadas aos produtos agro-alimentares, visando corresponder às necessidades registadas e aos requisitos estabelecidos nos mercados externos”.

Sugerir correcção