O mayor Pete pregou um susto à revolução de Sanders no Iowa

Numa votação marcada por problemas que atrasaram a divulgação dos resultados quase 24 horas, e com apenas 62% dos votos contados, a grande surpresa nas eleições do Partido Democrata no estado do Iowa é Pete Buttigieg. Na luta entre os candidatos do centro, o jovem candidato deixou para trás o veterano Joe Biden.

Foto
Buttigieg foi mayor da cidade de South Bend, no estado do Indiana Reuters/BRENDAN MCDERMID

Se alguma coisa distinguia o Iowa dos outros estados norte-americanos na época das primárias para a corrida à Casa Branca, não era o peso dos seus resultados nas contas finais, e muito menos o sinal dado ao país pelo seu eleitorado, mais rural e branco do que o presente e o futuro do Partido Democrata. Mas poucos punham em causa o efeito psicológico de uma boa prestação no caucus mais famoso dos Estados Unidos — pelo menos até ontem, quando um “problema de código” numa aplicação para telemóveis atrasou tanto o anúncio dos resultados que os candidatos já estavam a mais de 2000 quilómetros de distância, em New Hampshire, a preparar a próxima votação.