Um viúvo que não quer esquecer a esposa: em dia de Super Bowl, um anúncio da Google comoveu

O Super Bowl marca o encerramento da temporada da liga norte-americana de futebol americano, mas é muito mais que um jogo para decidir o campeão da NFL: é o programa televisivo com maior audiência dos Estados Unidos e, por isso, um momento de enorme projecção mediática. Este ano, foram vendidos 77 spots publicitários, com 30 segundos de transmissão a custarem um valor recorde de 5,6 milhões de dólares (cerca de cinco milhões de euros). De todos os anúncios, nenhum terá tocado mais o público do que Loretta, que já estava a rolar na Internet há alguns dias e foi exibido durante o segundo quarto da partida: o vídeo publicitário ao Google Assistant, em que um homem recorda momentos do seu casamento com a ajuda do assistente virtual.

O (comovente) anúncio começa com uma pesquisa no motor de busca (à semelhança de uma outra publicidade da empresa) da frase “Como não esquecer”. A partir daí, ouve-se uma voz – segundo a Google, do avô de um dos criadores da campanha — a utilizar o assistente virtual para anotar e relembrar momentos com a esposa que já partiu, enquanto a ferramenta apresenta uma série de imagens do casal, outras notas registadas anteriormente e até Casablanca, o filme favorito dos dois.

O anúncio foi criado para mostrar a utilidade do assistente em pequenas tarefas do dia-a-dia dos utilizadores. E está a deixar meio mundo de lágrima no canto do olho. Em seis dias, o vídeo já ultrapassou as 12 milhões de visualizações e, um pouco por todas as caixas de comentários nas diferentes redes sociais, não faltam reacções emocionadas de filhos com pais que travam batalhas com a perda de memória, de pessoas que se identificam com a partida de alguém querido e até de pacientes amnésicos que atestam a utilidade de ferramentas do género.

Sugerir correcção