Zona no centro de Londres fechada por suspeita de bomba da II Guerra Mundial

Entre 2010 e 2018, o ministério da Defesa britânico esteve envolvido em 450 operações relacionadas com bombas alemãs da Segunda Guerra – estima-se que cerca de 10% das bombas não tenham explodido.

Foto
DR

Uma das áreas mais movimentadas e turísticas do centro de Londres, o Soho, foi esta segunda-feira fechada ao público depois de ter sido encontrado um objecto que se suspeita ser uma bomba não explodida da Segunda Guerra Mundial.

Os serviços de emergência foram chamados por volta das 14h00 e evacuaram vários edifícios, isolando a área.

Depois de ter fechado grande parte da zona, a Polícia Metropolitana de Londres vai agora reduzir a zona de isolamento à rua onde foi detectado o objecto (Dean Street) e ruas adjacentes.

A capital britânica foi bombardeada pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial: as bombas fizeram dezenas de milhares de vítimas mas muitas ficaram por explodir. Entre 2010 e 2018, o ministério da Defesa britânico esteve envolvido em 450 operações relacionadas com bombas alemãs da Segunda Guerra, segundo dados citados na BBC – segundo o ministério, estima-se que cerca de 10% das bombas não tenham explodido. Há dois anos, a descoberta de um engenho explosivo obrigou mesmo a fechar o aeroporto de London City.

Este tipo de ocorrência é também relativamente frequente em cidades alemãs que foram bombardeadas na Segunda Guerra Mundial.

Sugerir correcção