Ensaio

Na pátria da indústria

Nem apita o comboio, nem, observadas do alto dos silos, as searas de trigo suavemente ondulam.

Foto
álvaro domingues

“Na pátria da indústria, nos Estados Unidos, surgiram grandes edificações (…). Os silos de cereais têm uma força imponente cuja expressão quase se pode comparar com as construções do Egipto antigo. A sua face arquitetónica é tão firme e convincente que o espectador, perante a sua presença monumental, compreende sem qualquer ambiguidade o significado desses edifícios, a exactidão com que os seus construtores exprimiram o significado dessas formas autónomas de grandes dimensões, claras e nítidas”. (1)