Torne-se perito

Caso suspeito de coronavírus evidencia problemas de comunicação e atrasos no socorro

Dono de fábrica por onde passou italiano suspeito de estar infectado com coronavírus criticou as autoridades de saúde por falta de “instruções” e demora no transporte do doente para o hospital. Direcção-Geral da Saúde demorou duas horas a validar caso supeito.

Foto
Goncalo Dias

O que fazer perante um caso suspeito de infecção pelo novo coronavírus? A resposta dada pelas autoridades de saúde no segundo caso suspeito em Portugal, que se revelou negativo, evidenciou algumas fragilidades e problemas de comunicação, além do desconhecimento da população sobre os procedimentos a adoptar em situações deste tipo.