Caso suspeito de infecção com o novo coronavírus no Porto

Homem regressou da China no dia 22 de Janeiro, onde teve contacto com um cidadão com provável infecção. É o segundo caso suspeito em Portugal – no primeiro, os testes deram negativo.

Foto
Paulo Pimenta

Um homem foi encaminhado esta sexta-feira para o Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, com suspeitas de poder estar infectado com o coronavírus, confirmou ao PÚBLICO fonte do hospital. É o segundo caso suspeito no país – o primeiro, no sábado passado, os testes deram negativo. A mesma fonte avança que o hospital se está a preparar para internar o homem num quarto de pressão negativa, em isolamento, para depois serem feitas as colheitas de sangue para análise.

“Este doente regressou da China no dia 22 de Janeiro, onde teve contacto com um cidadão com provável infecção pelo 2019-nCoV, e está a ser encaminhado para o Centro Hospitalar Universitário de S. João no Porto, Hospital de Referência para estas situações”, informa a Direcção-Geral da Saúde em comunicado. Segundo apurou o PÚBLICO, o homem terá chegado ao Hospital São João por volta das 21h desta sexta-feira.

A DGS diz que actualizará a informação “logo que seja conhecido o resultado das análises laboratoriais previstas para estas situações”.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou na quinta-feira uma situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional por causa do surto do novo coronavírus na China. Uma emergência de saúde pública internacional supõe a adopção de medidas de prevenção e coordenação à escala mundial.

A China informou nesta sexta-feira que o número de mortos por causa do novo coronavírus subiu para 213 e o de pessoas infectadas para 9692. O anterior balanço apontava para 7736 pessoas infectadas e 170 mortos. Segundo o último relatório da OMS, já foram registados casos em pelo menos outros 18 países.