Sete ideias para sair esta semana

Por trilhos, curvas, cores e sabores, bastam umas coroas para ir dar uma volta.

,animação
Fotogaleria
O Mundo Animado de Tim Burton DR
,O mundo de Tim Burton
Fotogaleria
O Mundo Animado de Tim Burton DR
,animação
Fotogaleria
O Mundo Animado de Tim Burton DR
Fotogaleria
O Mundo Animado de Tim Burton DR
,animação
Fotogaleria
O Mundo Animado de Tim Burton DR
Paul o garçom principal
Fotogaleria
O Mundo Animado de Tim Burton DR

LISBOA
Marionetas de Burton

Museu da Marioneta
De 6 de Fevereiro a 19 de Abril

"Cada marioneta é uma obra de relojoaria”, sublinha Fernando Galrito, director artístico da Monstra, a propósito d'O Mundo Animado de Tim Burton. A exposição chega a Lisboa pelas suas mãos, no âmbito do 20.º aniversário do festival lisboeta de cinema de animação (marcado para 18 a 29 de Março). Em causa está um vislumbre dos “actores” e “bastidores” dos filmes Marte Ataca!, A Noiva Cadáver e Frankenweenie. Em comum, têm as mecânicas e minúcias da animação em stop motion. E, claro, o facto de ostentarem a marca do realizador norte-americano Tim Burton – ele que começou por trabalhar como animador para a Disney e acabou por se afirmar como um dos cineastas mais reconhecíveis de Hollywood. Além de marionetas, a exposição reúne desenhos originais, adereços, esboços, maquetas e outros objectos.
Horário: terça a domingo, das 10h às 18h (inauguração a 5 de Fevereiro, às 18h).
Bilhetes a 5€

 

Foto
Amendoeira em flor Pedro Cunha

CASTRO MARIM
Amendoeira da serra

Dias 1 e 2 de Fevereiro

Alta Mora

Há um espectáculo natural a acontecer na serra algarvia e um festival a celebrá-lo. Do verde e castanho habituais irrompem o rosa e o branco das flores das amendoeiras, num prenúncio de Primavera que anuncia também a vinda de um dos frutos mais importantes para a gastronomia e economia da região. O Festival das Amendoeiras em Flor não só dá a provar uma torta de amêndoa gigante (dia 1, às 14h) como organiza passeios pedestres para assistir de perto à transformação da paisagem serrana. À medida de várias idades e condições físicas, os percursos vão dos cinco quilómetros de extensão aos 25 exigidos pela Grande Travessia. Os caminhos do festival passam também por uma feira de produtos locais e artesanato, tasquinhas, uma Aldeia do Artesão, animação de rua, teatro, bailes, actuações de grupos musicais e folclóricos, jogos tradicionais e actividades para crianças.
Horário: das 9h às 20h.
Programa completo aqui.
Grátis, excepto passeios pedestres (8€ a 14€)

 

Reino da Diversão DR
Reino da Diversão DR
Reino da Diversão DR
Reino da Diversão DR
Fotogaleria
DR

GUIMARÃES
Mais uma coroa… 

De 1 de Fevereiro a 1 de Março
Pavilhão Multiusos de Guimarães

...mais uma voltinha. Não são fichas, mas coroas, que fazem mover a feira popular que se instala em Guimarães durante o próximo mês – ou não fosse este o Reino da Diversão. Há uma fartura de atracções para todas as idades: simuladores, montanha-russa, carrosséis, barquinhos infantis, elásticos radicais, carrinhos-de-choque (uma pista grande e outra mini), um circuito de corridas de carros, um Twister e um Astro Slide, sem esquecer a pista de gelo. De volta está também a Festa do Chocolate, a bem-sucedida feira inaugurada no ano passado, com “novidades e maior dimensão” prometidas pela organização. A dar sabor à diversão estão ainda um espaço de restauração e as obrigatórias farturas, pipocas e nuvens de algodão-doce a pontuar o recinto. O Reino da Diversão funciona de quinta a domingo, mas abrirá duas excepções para os foliões: segunda-feira, véspera de Carnaval, e terça-feira de Entrudo. Dica para tornar as coroas mais valiosas: à quinta-feira, a campanha Super Quinta nivela o custo das atracções para 1€/coroa.
Horário: sábado (e segunda, dia 24), das 14h às 24h; domingo (e terça, dia 25), das 11h às 21h; quinta, das 14h às 20h; sexta, das 15h às 24h.
Entrada livre (as “coroas” adquirem-se no interior)

 

Foto
Ingredientes para uma açorda Enric Vives-Rubio

GRÂNDOLA
Vai aqui uma açorda (e sopa)

De 31 de Janeiro a 9 de Fevereiro

Sopas e açordas são as primeiras propostas deste ano nas Semanas Gastronómicas de Grândola, promovidas pela autarquia alentejana para dar “a conhecer e a saborear ao longo do ano os produtos mais característicos”. São 11 os restaurantes do concelho que se associam à iniciativa, com ementas especiais que tanto podem carregar na tradição como usar o arrojo como tempero. Incluem açordas de espinafres, bacalhau, tomate, berbigão ou coelho; e sopas de cação, acelgas, amêijoas, favas, do cozido, do mineiro ou de “entulho”.
Nos restaurantes A Coutada, A Taberna, Armazém Central, Café do Zuca, Café Triunfo, Cantinho do Futuro, Casa de Pasto, Espaço Garrett, Sabores da Praça, Taberna Justense e Taberna d'Vila

 

João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
Fotógrafo tem mostrado o documentário em várias aldeias, num tour que quer percorrer todo o país João Pedro Marnoto
Tour para mostrar documentário João Pedro Marnoto
Tour para mostrar documentário João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
João Pedro Marnoto
Fotogaleria

TABUAÇO
Imaginário transmontano

Museu do Imaginário Duriense
De 27 de Janeiro a 12 de Abril

No Museu do Imaginário Duriense está uma “metáfora da ruralidade” captada por João Pedro Marnoto num território que conhece bem (e para onde se mudou de malas e máquina fotográfica): Trás-os-Montes e Alto Douro. Apontou a objectiva às “gentes enraizadas na terra que lhe sustenta a fome e devotas na fé que lhes aponta aos céus”. E dedicou mais de uma década a retratá-las. Desse projecto nasceu um livro, um documentário (que andou a projectar por aldeias portuguesas em salas de cinema improvisadas) e uma colecção de imagens que encapsulam tradições, vivências e uma certa intuição de mudança. Essas imagens podem ser vistas na exposição Nove Meses de Inverno e Três de Inferno, descrita pelo fotógrafo portuense como “uma reflexão sobre a condição humana assente em três vértices: a relação com a terra, a fé e o progresso.”
Horário: segunda a sexta, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30; sábado, domingo e feriados, das 10h às 12h30 e das 14h às 17h.
Grátis

 

Foto
Lisboa - Pelas Curvas da Cidade Olivier Perrin

LISBOA
Pelas curvas da cidade

De 6 de Dezembro a 21 de Fevereiro
Lisbon Gallery

Do Cais das Colunas às curvas do MAAT - Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, passando pelos barcos no Tejo, Lisboa mostra-se pelo ângulo de um fotógrafo francês que se encantou com “a luz característica e o emaranhado de edifícios antigos e modernos” de uma cidade “moldada pela relação entre o espaço natural (as colinas, o rio) e a arquitectura” – a cidade que escolheu para viver. Chama-se Olivier Perrin e pertencem-lhe as 40 imagens a preto e branco que podem ser vistas – e compradas – em Lisboa - Pelas Curvas da Cidade. É a primeira exposição da Lisbon Gallery desde que se fixou na Rua Dona Estefânia e, segundo a loja/galeria, “está a suscitar tanto interesse” que foi prolongada até 21 de Fevereiro.
Horário: segunda a sexta, das 9h30 às 18h30.
Grátis

 

HIVT DR
Impermanence DR
João Mortágua DR
Orquestra Jazz de Matosinhos
Peter Evans DR
Coreto Porta-Jazz DR
Fotogaleria
DR

PORTO
Rivoli Porta-Jazz

De 7 a 9 de Fevereiro
Teatro Rivoli

O Coreto Porta-Jazz entra em modo Celebration. O pianista-compositor João Grilo encontra-se com o artista visual Miguel C.Tavares no projecto HVIT. A trompetista Susana Santos Silva lidera o quinteto Impermanence. Outro vulto desse instrumento, Peter Evans, junta-se à Orquestra Jazz de Matosinhos. A dupla de vibrafone-bateria Jim Hart & Alfred Vogel lança-se ao álbum Come Rain Come Shine. O saxofonista João Mortágua mostra-se Dentro da Janela. O trompetista Ricardo Formoso exibe Implosão ladeado por Seamus Blake (saxofone) e Albert Bover (piano). Estes são alguns dos muitos momentos alinhados pelo décimo festival Porta-Jazz. Normalmente, espalha-se por vários locais do Porto. Este ano, concentra-se numa só casa, o Rivoli, e ocupa seis dos seus espaços ao longo de três dias. À margem dos concertos, há lugar para um encontro de escolas de jazz, um baile lindy hop, masterclasses, oficinas e jam sessions.
Programa completo aqui.
Bilhetes a 7€ (excepto actividades no Café e no Foyer, com entrada livre)

 

Foto

EXTRA: Cinema
Mulherzinhas de Gerwig

Seis nomeações para os Óscares, um elenco de luxo, um romance intemporal de Louisa May Alcott. São as Mulherzinhas a regressarem ao grande ecrã, numa adaptação conduzida por Greta Gerwig, a realizadora de Lady Bird. Nos cinemas a partir de 30 de Janeiro.

 

Mais ideias para sair? Por aqui

Guia do Lazer: a sua agenda de espectáculos, exposições, feiras e muito mais