Coronavírus: primeiro caso confirmado na Alemanha, segundo país europeu onde foi diagnosticado

O ministério da Saúde da Baviera não deu nenhuma indicação sobre quem é o doente ou as circunstâncias em que poderá ter sido infectado pelo coronavírus.

Foto
Informação sobre o coronavírus no Aeroporto de Dusseldorf. A Alemanha também está a considerar uma “possível evacuação” dos seus cidadãos da cidade chinesa de Wuhan EPA/SASCHA STEINBACH

O primeiro caso de contaminação pelo novo coronavírus detectado na China foi confirmado na Alemanha, anunciou na segunda-feira à noite o ministério da Saúde da Baviera.

“Um homem da região de Starnberg foi infectado com o novo coronavírus” e “está sob vigilância médica e em isolamento”, informou um porta-voz do ministério em comunicado.

O paciente está “clinicamente em boas condições”, adiantou o porta-voz sem acrescentar detalhes. Os familiares do doente foram informados dos sintomas que podem aparecer em caso da doença, assim como das precauções relativas à higiene que devem tomar.

O ministério não deu nenhuma indicação sobre quem é o doente ou as circunstâncias em que poderá ter sido infectado pelo coronavírus.

A Alemanha torna-se, assim, o segundo país da Europa com a confirmação da presença do coronavírus, após três casos em França, confirmados na semana passada.

Na segunda-feira, a Alemanha pediu aos seus cidadãos que evitassem viagens “não essenciais” à China, pois temiam uma rápida propagação do novo coronavírus.

A Alemanha também está a considerar uma “possível evacuação”, se assim o desejarem, dos seus cidadãos da cidade chinesa de Wuhan, o epicentro do vírus.

Sugerir correcção