Torne-se perito

Bebé que nasceu com malformações graves resiste e fará quatro meses em Fevereiro

Rodrigo “está a aguentar-se miraculosamente”, diz a sua madrinha. Obstetra já fez a defesa no conselho disciplinar da Ordem. Presidente acredita que haverá uma decisão antes do fim dos seis meses de suspensão aplicados a Artur Carvalho.

,Ultrassom
Foto
RG Rui Gaudencio

Contra todas as expectativas e um prognóstico inicial que lhe dava poucos dias de vida, Rodrigo, o bebé que nasceu sem globos oculares, sem nariz e sem uma parte do crânio no hospital de Setúbal, malformações que não foram detectadas nas três ecografias efectuadas durante a gravidez pelo obstetra de Setúbal, sobreviveu e completará quatro meses no início de Fevereiro.