Torne-se perito

Congresso do CDS sem vencedor antecipado e com “geringonças” à espreita

Filipe Lobo d’Ávila, João Almeida e Francisco Rodrigues dos Santos são os três candidatos principais mas nenhum fecha a porta a alianças entre si para chegar à liderança do partido. A disputa promete aquecer a reunião magna dos centristas hoje e amanhã.

Assunção Cristas
Fotogaleria
Assunção Cristas tem mantido o silêncio desde as legislativas LUSA/CARLOS BARROSO
Fotogaleria
Actual líder foi eleita no congresso de 2016 Nuno Ferreira Santos

Com a tarefa de escolher o sucessor de Assunção Cristas, o congresso do CDS-PP arranca neste sábado, em Aveiro, sem um vencedor anunciado e com uma tensão evidente. A primeira jornada promete acabar já de madrugada. É nessa altura que será conhecido o resultado da votação das moções de estratégia global dos candidatos, que poderá indiciar o nome do novo líder. Só que esta espécie de primeira volta pode determinar o nascimento de “geringonças” entre os mais votados para conquistar a liderança da direcção. E isso promete aquecer o congresso.