Antigo chefe de gabinete de Monteiro representa o Chega no congresso do CDS

Diogo Pacheco de Amorim é vice-presidente do Chega.

Foto
Diogo Pacheco de Amorim com André Ventura Daniel Rocha

Diogo Pacheco de Amorim, antigo chefe de gabinete de Manuel Monteiro quando este liderava o CDS, será o representante do partido Chega (de que é actualmente vice-presidente) no encerramento do 28.º congresso dos centristas, a decorrer em Aveiro.

O Chega elegeu o deputado único André Ventura nas legislativas de Outubro, mas não será este parlamentar a representar o partido, neste domingo, no encerramento do congresso dos CDS, para o qual foram convidados representantes de outras forças políticas. Essa tarefa estará a cargo do vice-presidente do Chega Diogo Pacheco de Amorim, que também acompanhou Manuel Monteiro na fundação do Partido da Nova Democracia.