Livros 2020

Jokha Alharthi: uma voz para este tempo

Natural de Omã, tornou-se aos 41 anos na primeira mulher do seu país a ser publicada em inglês e, depois disso, a primeira entre os escritores árabes a vencer o International Man Booker com o romance Corpos Celestes. Que chegou a Portugal.

Natural de Omã, tornou-se aos 41 anos na primeira mulher do seu país a ser publicada em inglês e, depois disso, a primeira entre os escritores árabes a vencer o International Man Booker
Foto
Natural de Omã, tornou-se aos 41 anos na primeira mulher do seu país a ser publicada em inglês e, depois disso, a primeira entre os escritores árabes a vencer o International Man Booker Peter Summers/Getty Images

O nome Jokha Alharthi estará a associado a um tempo, este. Natural de Omã, tornou-se aos 41 anos na primeira mulher do seu país a ser publicada em inglês e, depois disso, a primeira entre os escritores árabes a vencer o International Man Booker com o romance Corpos Celestes. Aconteceu em Maio de 2019, dez anos depois de ter começado a escrever o livro enquanto fazia um doutoramento em poesia clássica árabe na universidade de Edimburgo, e nove anos depois de ter saído originalmente.