Combus alarga serviço a Oeiras, Paço de Arcos e Caxias

Alargamento entra em vigor a partir do 3 de Fevereiro. Autarquia pretende ainda que, até ao final do ano, o serviço cubra todo o concelho para beneficiar cerca de 100 mil passageiros.

SC Braga
Foto
Autocarros da Combus vão alargar a área de serviço

Desde Junho de 2018 que o serviço rodoviário Combus assegura, gratuitamente, as deslocações de curta distância nas freguesias de Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada/Dafundo. Agora, a partir do dia 3 de Fevereiro irá alargar os seus serviços à união de freguesias de Oeiras, Paço de Arcos e Caxias, segundo um comunicado da câmara de Oeiras.

O objectivo da autarquia é de cobrir a totalidade do concelho com o serviço rodoviário da Combus. O alargamento ao resto do território vai ser feito de forma faseada e, de acordo com a nota de imprensa da autarquia, as próximas freguesias a beneficiar do serviço serão, primeiro, Carnaxide e Queijas e, depois, Barcarena e Porto Salvo.

Com esta medida, a autarquia espera ultrapassar os 75 mil passageiros conseguidos até à data e subir a fasquia para cerca de 100 mil utilizadores. Para este alargamento no serviço de mobilidade no concelho de Oeiras, o investimento estimado pela autarquia situa-se nos dois milhões de euros.

De acordo com a nota de imprensa, os principais pontos de paragem do próximo trajecto são:

- Circuito de Oeiras: Passeio Marítimo/Piscina oceânica/Praia da Torre, Auditório Municipal Maestro César Batalha, Igreja São Julião da Barra, Tribunal e Conservatória, Junta da União de Freguesias, Centro de Saúde de Oeiras, Igreja Santo António de Nova Oeiras, Quinta do Marquês, Palácio do Marquês de Pombal, Igreja Matriz de Oeiras, Correios, Biblioteca e SIMAS, Cemitério de Oeiras, Estádio Municipal de Oeiras, Fórum de Oeiras, Parque dos Poetas/AERLIS.

- Circuito de Paço de Arcos/Caxias: Bº Comendador Joaquim Matias, Correios, Mercado de Municipal de Paço de Arcos, Igreja da Sagrada Família, Centro de Saúde de Paço de Arcos, Estádio Municipal de Oeiras, Nova Morada, Segurança Social, Centro Comunitário Alto da Loba, Palácio Flor da Murta, Alto do Lagoal, Quinta Real de Caxias, Laveiras, Murganhal, Qta do Torneiro, Bº Pedreira italiana.

O Combus começou por circular no concelho de Oeiras em Junho de 2007, através de uma parceria entre a câmara municipal e a Vimeca Transportes, até Fevereiro de 2014, quando o serviço foi suspenso. Quatro anos depois, o município decidiu reactivar o Combus, no qual se previa um investimento de 1,6 milhões de euros e a compra de 16 mini-autocarros para o serviço. Agora, e a partir de Fevereiro, o município de Oeiras conhece o primeiro alargamento do serviço, tendo em vista a cobertura total do concelho através deste serviço de carreiras urbanas de transporte colectivo intra-freguesias de cariz social.

Texto editado por Ana Fernandes