Bolinhos de feijoada, almofadinhas de queijo, pudim de cachaça. Há um Aconchego Carioca no Inverno de Lisboa

José Avillez teve Kátia Barbosa como colega de júri no concurso Mestre do Sabor da Globo. Agora, Kátia e a filha Bianca trazem os petiscos brasileiros para o Chiado. Sábado é dia de feijoada. Até Março.

Foto
dr

Na parte de cima do Bairro do Avillez, em Lisboa, ouve-se música brasileira, os empregados circulam segurando tabuleiros com bolinhos de feijoada, almofadinhas de queijo, bolinho de abóbora com carne seca. Daí a momentos chega outro tabuleiro com caipirinhas. Duas raparigas dançam samba. Está um calor tropical que obriga os lisboetas vindos do frio da rua a ir tirando as camadas de roupa que traziam.

PÚBLICO -
Foto
Kátia Barbosa com José Avillez à porta do Bairro do Avillez dr

Foi assim, na semana passada, a festa de apresentação do pop-up do restaurante brasileiro Aconchego Carioca, de Kátia Barbosa, que se instalou no Bairro do Avillez para ficar até dia 14 de Março. Tinham começado a circular pratinhos com o tradicionalíssimo Baião de Dois (arroz, feijão de corda, bacon, linguiça, carne seca e queijo coalho) quando a porta da cozinha se abriu e apareceram, sorridentes, Kátia Barbosa e a filha Bianca, que é o seu braço direito e que ficará em Portugal mais algum tempo para assegurar o arranque da operação.

PÚBLICO -
Foto
Há também um bar de caipirinhas dr

O que as duas trouxeram até Lisboa foram os pratos de maior sucesso do Aconchego Carioca (o botequim original na Praça da Bandeira deu origem a um pequeno “império” de quatro restaurantes e, com abertura prevista para breve, uma "sanduícheria”, razão pela qual Bianca terá que regressar ao Brasil dentro de semanas).

Uma das coisas que fez história no restaurante do Rio de Janeiro foi o tal bolinho de feijoada. A ideia, explica-nos Kátia, tentando sobrepor a voz à música ao vivo, foi apresentar pratos tradicionais brasileiros em forma de bolinho. O sucesso foi enorme, o bolinho tornou-se icónico, e agora viaja até Lisboa.

Tudo porque José Avillez conheceu Kátia Barbosa quando ambos foram júris no concurso Mestre do Sabor, da Globo. A ideia surgiu e em muito pouco tempo foi posta em prática. Mãe e filha prepararam o Menu Aconchego Carioca que inclui, para além dos petiscos já referidos, outras especialidades como a casquinha de caranguejo, o pastel recheado com costela bovina ou o bobó de camarão e, nas sobremesas, o também célebre Romeu e Julieta (Queijo Minas com goiabada cremosa) e o pudim de cachaça (pudim de tapioca e leite de coco com calda de melado e cachaça envelhecida).

E, para os almoços de sábado, trouxeram a feijoada à brasileira que será servida num buffet com o feijão preto, as carnes, a couve mineira, a farofa, o aipim frito e laranja. Estes almoços, assim como os jantares de quinta e sexta-feira terão sempre música ao vivo. Além disso, há um bar de caipirinhas, que servirá diferentes cocktails, usando a cachaça Anumará ou a cachaça envelhecida Seleta com frutas como a lima, o abacaxi, tangerina, manga ou goiaba.

PÚBLICO -
dr
PÚBLICO -
PÚBLICO -
PÚBLICO -
Fotogaleria
dr

Kátia é filha de um paraíbano que vendia cuscuz, cocada e quebra-queijo no Rio e cuja paixão por boa comida passou para a filha, e, através desta para a neta, Bianca, que estudou gastronomia, e, além de trabalhar com a mãe, dá aulas e faz parte de grupos como os Ecochefs Maniva, que trabalham os bons produtos brasileiros e as tradições gastronómicas do país. É tudo isso que as duas trazem agora para animar o Inverno lisboeta.