NAV Portugal atinge novo recorde em tráfego aéreo

A gestora de controlo de tráfego aéreo geriu mais de 2300 voos por dia no ano passado, mais cerca de 60 que a média diária em 2018.

Portugal
Foto
Nelson Garrido

O número de voos geridos pela NAV – Navegação Aérea de Portugal em 2019 aumentou 2,7% para um total de 855.944 voos, mais 22.512 do que em 2018, atingindo um novo recorde em termos de tráfego controlado.

De acordo com os dados divulgados hoje pela gestora de tráfego aéreo, a NAV geriu mais de 2300 voos por dia no ano passado, mais cerca de 60 que a média diária em 2018.

“A NAV Portugal registou novo ano histórico, tendo gerido um total de 855.994 voos em 2019, um número recorde e que significa um crescimento de 2,7% face a 2018, que também já tinha sido um ano de níveis recorde de tráfego controlado”, refere em comunicado.

O total de voos geridos pela NAV, ou “movimentos”, inclui não apenas os voos com origem/destino em aeroportos portugueses, mas também todos aqueles que sobrevoam o espaço aéreo sob responsabilidade portuguesa – que abrange mais de 5,8 milhões de quilómetros quadrados, sinaliza.

Entre as regiões de informação de voo (RIV) na qual se divide o espaço aéreo, a NAV destaca o crescimento de 3,3% nos voos geridos em Lisboa em 2019, que superou o crescimento de 2,8% registado em 2018.

Os voos geridos pela RIV de Lisboa incluem todo o tráfego que sobrevoa Portugal continental e o arquipélago da Madeira, assim como o tráfego gerido pelas Torres de Controlo de Lisboa, Porto, Faro, Cascais, Funchal e Porto Santo.

Já a RIV de Santa Maria aumentou ligeiramente o marco conseguido em 2018, com mais 0,2% de voos geridos no ano passado, suficiente para superar os 168 mil voos controlados.

Esta RIV inclui todo o tráfego gerido pelas Torres de Controlo de Santa Maria, Ponta Delgada, Horta e Flores, assim como todos os sobrevoos na vasta área do Oceano Atlântico Norte sob responsabilidade portuguesa, indica.

A NAV Portugal é o prestador de serviços de navegação aérea no espaço aéreo sob responsabilidade de Portugal, que está dividido em duas regiões: a Região de Informação de Voo de Lisboa, com 671.000 quilómetros quadrados, abarcando Portugal continental e o arquipélago da Madeira e a Região de Informação de Voo de Santa Maria, com 5,18 milhões de quilómetros, que inclui uma vasta área do Oceano Atlântico Norte e o arquipélago dos Açores.

A NAV conta com uma equipa de cerca de 1000 técnicos que asseguram a segurança de passageiros e aviões.

Além dos centros de controlo de tráfego aéreo de Lisboa e Santa Maria, a NAV gere as Torres de Controlo de Lisboa, Porto, Faro, Funchal, Porto Santo, Santa Maria, Ponta Delgada, Horta, Flores e Cascais.