Dizem as Batucadeiras: Madonna “quer mostrar que a mulher negra pode ser o que quiser”

Há seis meses que 14 mulheres partilham o quotidiano com a “família Madame X”. Tudo começou com um vídeo onde Madonna faz o elogio do batuque. Chegaram a trabalhar 16 horas por dia com uma artista que pensa tudo ao detalhe. “Entrámos amadoras, saímos profissionais”. Apropriação cultural? “Para haver uma apropriação era preciso ter algo da cultura mas não ter as pessoas a representá-lo. Não houve: nós, batucadeiras, estávamos lá”, dizem.

Foto
As batucadeiras desembarcaram em Nova Iorque em Julho para o início dos ensaios da digressão de Madonna; o contrato acaba em Março NUNO FERREIRA SANTOS

São 14 mulheres de várias gerações, a maioria jovens, que cantam, dançam e tocam batuque. Todas deixaram as suas profissões para se dedicarem a 100% ao trabalho intenso com Madonna na sua digressão de Madame X. Andam há seis meses na estrada.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários