Unsplash
Foto
Unsplash

Bowie, esta playlist é para ti (ou para a tua iguana, cão ou gato)

Segundo o Spotify, os animais de companhia preferem soft rock e rock clássico (ou qualquer outra coisa que os tutores costumem ouvir através da plataforma de streaming).

Já tiveram concertos e álbuns feitos só para eles e começam a ser presença assídua em festivais de música. Quando saem de casa, há quem deixe o rádio ou a televisão ligada para os relaxar e há até um campo de investigação dedicado a perceber se os animais de diferentes espécies reagem da mesma forma à música que os humanos: a zoomusicologia. 

Não existem estudos suficientes para chegar a um consenso, mas o Spotify decidiu arriscar e criar playlists dedicadas aos animais de companhia, sejam eles um gato, um cão, um hamster, um pássaro ou uma iguana. O resultado é uma lista de músicas que mistura os artistas mais ouvidos pelo tutor, dono da conta no serviço de streaming de música, e as características dos animais, isto é, se é “relaxado” ou “energético”, “tímido” ou “sociável”, “apático” ou “curioso”.

PÚBLICO -
Paulo Pimenta

A Spotify partilhou ainda os dados de um inquérito online que fez cinco mil clientes nos Estados Unidos da América, Reino Unido, Austrália, Espanha e Itália e que disseram ter animais de companhia: 71% afirmou ter dito que já pôs música a dar especialmente para eles — e oito em cada dez acreditam que eles gostam (especialmente de soft rock e rock clássico). Freddy Mercury, Bob Marley e Bowie, são alguns dos nomes para animais de companhia mais usados por quem respondeu ao questionário. 

Fazendo a experiência para um gato (hipotético) chamado Bowie, mais relaxado do que energético e muito curioso, a sugestão é uma playlist com 30 músicas. A maior parte delas, no entanto, é retirada da lista de mais ouvidas do (hipotético) tutor detentor da conta, incluindo a My Favorite Fish, de Gus Dapperton, ou a I Bet On Losing Dogs, de Mitski — duas opções, parecem-nos, bastante apropriadas.