Pelosi anuncia lista de congressistas que vão acusar Trump no Senado

Foto
A equipa com Nancy Pelosi SHAWN THEW/EPA

A presidente da Câmara de Representantes, a câmara baixa do Congresso dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, anunciou os sete nomes que vão conduzir o caso contra Donald Trump - o julgamento do Presidente no Senado deve começar na semana que vem. 

A votação a confirmar a sua nomeação está prevista para esta quarta-feira.

Depois de um processo demorado, em que muitos fizeram lobby para conseguirem um lugar na equipa, Pelosi anunciou os nomes dos membros da Câmara numa conferência de imprensa. São todos democratas: o líder da comissão dos serviços secretos Adam Schiff; o líder da comissão de Justiça Jerry Nadler; Zoe Lofgren, que participou em três processos de impeachment; Hakeem Jeffries; Val Demmings, a primeira mulher chefe da polícia de Orlando; Jason Crow, um veterano com comissões no Iraque e Afeganistão; e Sylvia Garcia, uma das duas primeiras mulheres latinas eleitas congressistas pelo Texas, em 2018.

A equipa tem, portanto, mulheres, dois afro-americanos e uma latina - uma constituição muito diferente da equipa que defendeu no Senado a destituição de Bill Clinton, em 1999. Andrew Johnson também foi alvo de um processo idêntico, mas em 1868, quando o próprio Congresso tinha uma constituição muito diferente.

Ao anunciar o grupo, Pelosi defendeu o mês que demorou a votação na Câmara de Representantes e o envio dos artigos para o Senado. “O tempo foi nosso amigo em todo este processo”. 

O Presidente Donald Trump já reagiu ao anúncio. No Twitter, escreveu: “Cá vamos nós outra vez”. 

Schiff, que vai ser o chefe desta equipa de acusação, disse: “As testemunhas podem dizer a verdade ou mentir. Mas os documentos, de modo geral, não mentem”.