Ayatollah prepara discurso em momento de crise do Irão, entre pressão da Europa e manifestações

Regime iraniano protagoniza rara admissão de responsabilidade da queda do avião e anuncia detenções. Mas só se sabe que foi preso o homem que filmou o avião ucraniano a ser atingido. Europa acciona mecanismo de incumprimento do acordo nuclear.

Foto
Memorial para as vítimas da queda do avião da Ukrainian Airlines abatido por erro por um míssill iraniano ABEDIN TAHERKENAREH/EPA

A pressão interna junta-se à pressão externa para o regime do Irão. Nas ruas, os manifestantes não arredaram pé, apesar da repressão da polícia, e levaram a uma raríssima admissão de responsabilidade pelo Presidente, Hassan Rohani, pelo abate do avião ucraniano. Da União Europeia, chega a notícia de que foi accionado o mecanismo de incumprimento do acordo nuclear pelo Irão, e os países com cidadãos vítimas da queda vão reunir-se esta quinta-feira para discutir o que fazer, incluindo potencialmente pedir uma indemnização ao Irão.