Torne-se perito

Emagrecer na língua (sim, na língua) para dormir melhor

Por estranho que pareça, a associação entre uma “língua gorda” e as noites mal dormidas de quem sofre de apneia do sono não é uma novidade. O que os investigadores mostraram agora de novo é que reduzir a gordura nesta parte do corpo ajuda a melhorar os sintomas do problema de sono.

Foto
Estudo envolveu 67 doentes obesos com apneia do sono Fernando Veludo/Arquivo

A relação próxima entre a obesidade e a apneia obstrutiva do sono (AOS) é bem conhecida e documentada. O que um estudo veio demonstrar é que perder peso na língua – especificamente na língua – parece ter um significativo impacto na melhoria dos sintomas de AOS. O trabalho inédito divulgado esta sexta-feira aponta assim para um novo alvo terapêutico no tratamento deste problema no sono: a língua.