José Mourinho privado de Harry Kane até Abril

Avançado será submetido a cirurgia à pena esquerda e falhará os próximos 14 jogos do Tottenham.

Foto
Reuters/Ian Walton

O avançado do Tottenham Harry Kane vai ser sujeito a uma cirurgia à perna esquerda e ficará afastado dos relvados nos próximos três meses, informou esta quinta-feira a equipa treinada pelo português José Mourinho.

De acordo com a nota publicada no site oficial do emblema londrino, o “capitão” dos “spurs” terá de ser operado para debelar uma “rotura de um tendão na face posterior da coxa da perna esquerda” e deverá “regressar aos treinos em Abril”.

Harry Kane lesionou-se na semana passada, no encontro entre o Tottenham e o Southampton, para a Liga inglesa, acabando por ser substituído aos 75 minutos da partida que ditou a derrota (1-0) dos londrinos.

O avançado vai falhar os próximos 14 jogos do conjunto orientado por José Mourinho, 11 para a Premier League, um para a Taça de Inglaterra e os dois dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, perante os alemães do RB Leipzig.

Esta é a segunda “baixa” de peso para o técnico português, depois de o francês Moussa Sissoko ter sido operado ao ligamento colateral do joelho direito, ficando de fora também até Abril.