Pinto Luz simula notícia sobre passagem à segunda volta em “reportagem fictícia” da SIC

O vídeo utiliza a imagem de vários comentadores televisivos.

Miguel Pinto Luz
Foto
Miguel Pinto Luz LUSA/FERNANDO VELUDO

O candidato social-democrata Miguel Pinto Luz divulgou nesta quarta-feira uma “reportagem fictícia” num vídeo que envolve vários comentadores televisivos para simular a notícia da sua passagem à segunda volta nas eleições directas para a liderança do PSD.

“Miguel Pinto Luz passou à segunda volta nas directas do PSD. O vice-presidente da Câmara de Cascais continua a surpreender o país e o universo social-democrata. Toda a comunicação social nacional realçou a surpresa deste resultado e a incerteza do resultado final. Para os principais comentadores, era esperada a passagem de Pinto Luz à segunda volta dada a campanha que o candidato mais jovem tem estado a fazer”, assim começa a “reportagem fictícia”.

Simulando uma abertura do Jornal da Noite da SIC, o vídeo utiliza a imagem de vários comentadores televisivos como Miguel Sousa Tavares, Clara Ferreira Alves, Paulo Baldaia e Luís Marques Mendes, que assinalam a surpresa ou a “boa preparação” do vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais.

Um dos comentadores envolvidos na reportagem disse à agência Lusa não ter sido contactado para autorizar a inclusão da sua imagem no vídeo, mas escusou-se a fazer comentários a uma situação que considerou “insólita”.

Pinto Luz esclarece no final que se trata de uma falsa reportagem, embora deixe a convicção de que pode tornar-se realidade. “Esta é naturalmente uma reportagem fictícia, mas até pode ser esta a reportagem provável porque o futuro já está a dizer presente nestas eleições”, salienta o candidato social-democrata. 

SIC não gostou e pede ao candidato que altere o vídeo

Entretanto, a SIC solicitou ao candidato Miguel Pinto Luz que altere a “reportagem fictícia” divulgada. Em resposta à agência Lusa, fonte oficial do canal referiu que a “SIC pediu para se retirar todo e qualquer material que pudesse relacionar o vídeo com o canal e teve a garantia imediata por parte da candidatura de que o vídeo ia ser alterado”.

A mesma fonte adiantou que o canal não iria “monitorizar” esta questão “em permanência” porque parte do princípio de que a sua “posição deve ser respeitada”. O vídeo deixou de exibir a abertura do Jornal da Noite, mas mantém os comentadores, tentando esconder o logótipo do canal, segundo uma consulta feita pela Lusa.

O presidente do PSD, Rui Rio, o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o actual vice-presidente da Câmara de Cascais disputam no sábado a presidência do partido em eleições directas. Se nenhum deles obtiver mais de 50% dos votos, a segunda volta realiza-se uma semana depois, dia 18, entre os dois candidatos mais votados.

Sugerir correcção